NOTÍCIAS DE MARACAÇUMÉ/JUNCO DO MARANHÃO E REGIÃO. Contato: (98) 98721-8362 E-mail: blogdorenatocosta@gmail.com

sábado, 21 de março de 2020

Assembleias de Deus, no Maranhão, suspendem cultos por 15 dias



A convenção Geral das Assembleia de Deus no Maranhão (CEADEMA) expediu um comunicado direcionado a todas as Igreja Evangélicas da Assembleia de Deus no Maranhão determinado o cancelamento de cultos, eventos e programações especiais. 

A medida não fecha os templos que ficaram abertos para orações, mas os cultos estão proibidos por 15 dias. Essa medida faz parte da contenção para que o vírus do Coronavírus não se espalhe pelo estado.

Confira o comunicado abaixo:

COMUNICADO

A diretoria da Convenção Estadual das Igrejas Evangélicas Assembleias de Deus no Maranhão - CEADEMA, diante do agravamento da atual crise de saúde pública, em decorrência da proliferação do novo coronavírus (SARS-VOC-2 / COVID-19) em todo território nacional, inclusive com a ocorrência de caso confirmado em nosso estado, bem como das últimas decisões das autoridades do executivo, em atenção especial ao decreto no 35.672 de 19 de Março de 2020 do Governo do Estado do Maranhão que declarou situação de calamidade em nosso Estado e o decreto no 35.677 de 21 de Março de 2020 que estabeleceu medidas de prevenção do contágio do referido vírus, a CEADEMA, prezando sempre pelo equilíbrio e prudência, vem por meio deste, recomendar a todas as Assembleias de Deus no Maranhão as seguintes orientações:

1- Será criada uma comissão especial para tratar do enfrentamento desta crise no âmbito das igrejas.

2- Visando contribuir com a saúde publica, diante da situação vivenciada em todo Brasil, as igrejas deverão SUSPENDER a realização de todos os cultos e atividades com aglomerações de pessoas pelo prazo mínimo de 15 dias.

3- Compreendendo o relevante papel social e espiritual da igreja, recomendamos que as igrejas mantenham seus templos abertos para momentos de orações, atividades administrativas, bem como para atender as pessoas que neste tempo de incertezas e de aflições buscam por ajuda espiritual. Os horários dos templos abertos serão definidos a critério da igreja local. Eventos podem ser cancelados, cultos podem ser adiados, mas as portas da Igreja jamais se fecharão para corações sedentos por Deus.

4- As igrejas deverão buscar mecanismo de comunicação como TV, rádio e mídias sociais para transmitir cultos e mensagens aos irmãos, bem como os seus avisos e comunicados.

5- Os irmãos não devem ignorar cuidados como: higienizar frequentemente as mãos; evitar cumprimentos com aperto de mãos, abraços, e beijos;

6- Irmãos que estiveram com sintomas de gripe ou que fazem parte dos grupos de risco, tais como idosos, gestantes, diabéticos, hipertensos, portadores de insuficiência renal crônica, doenças respiratórias, em tratamento de rádio e quimioterapia, hemodiálise devem permanecer em suas residências.

7- Em tempos de tribulação, Deus espera de nós não desespero ou pavor, mas prudência e confiança nEle, por isso, conclamamos todos os irmãos assembleianos de nosso Estado para iniciarmos uma grande campanha de oração em favor da nossa nação e dos demais países que estão sofrendo com essa pandemia. Iniciaremos um clamor a partir do dia 22/03, todos os dias, das 12h às 13h, a Assembleia de Deus no Maranhão estará unida em clamor pelo Brasil e pelo Mundo!

8- A presente recomendação entrará em vigor na data de sua publicação, e novas orientações serão expedidas assim que necessário for.

São Luís, 21 de Março de 2020.
Pr. Pedro Aldi Damasceno - Presidente da CEADEMA

← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Editado e Instalado por