NOTÍCIAS DE MARACAÇUMÉ/JUNCO DO MARANHÃO E REGIÃO. Contato: (98) 98721-8362 E-mail: blogdorenatocosta@gmail.com

quarta-feira, 22 de maio de 2019

Natura anuncia compra da Avon e cria gigante com receita de US$ 10 bilhões



A brasileira Natura anunciou nesta quarta-feira, 22, a compra da Avon, em uma operação de troca de ações. Segundo a companhia, o negócio vai criar o quarto maior grupo de cosméticos do mundo. O acordo traz uma quarta marca para a holding da Natura, que já controla a própria Natura, a britânica The Body Shop e a australiana Aesop.

Sede da Natura, em São Paulo: brasileira agora é dona da gigante Avon  Foto: CLAYTON DE SOUZA/ESTADÃO
O mercado financeiro reagiu bem ao negócio. As ações da Natura fecharam o dia em alta de 9,43%, cotadas a R$ 61,50, após a brasileira admitir pela manhã que o acordo com a Avon estava prestes a ser fechado.

A transação vai criar uma nova holding brasileira, na qual os atuais sócios da Natura terão 76%, ante 24% dos atuais acionistas da Avon. Com a aquisição, a Natura & Co passará a ter faturamento bruto anual superior a US$ 10 bilhões (ou mais de R$ 40 bilhões), cerca de 40 mil colaboradores e presença em cem países.

A Natura obteve compromisso dos bancos Bradesco, Citigroup e o Itaú Unibanco, no valor de até US$ 1,6 bilhão, para pagar parte dos acionistas da Avon.

O negócio avaliou a Avon em cerca de US$ 3,7 bilhões (R$ 15 bilhões). Em 2012, a empresa recusou proposta de aquisição da rival Coty, que estava disposta a pagar US$ 11 bilhões (ou cerca de R$ 44 bilhões) pela companhia.

Dificuldades da Avon

Com a inclusão da Avon em seu portfólio, a Natura tenta crescer no segmento mais popular de cosméticos. A empresa já está presente em produtos de maior valor agregado, após a compra da britânica The Body Shop, em 2017, e no de luxo, com a australiana Aesop (sua primeira grande aquisição, em 2013).

Ao optar pela troca de ações, a Natura conseguiu colocar para dentro de casa um negócio grande e complexo, sem se expor financeiramente de forma significativa, conforme análise do banco Brasil Plural.

“Apesar disso, com a aquisição, a Natura vai enfrentar uma série de desafios relativos ao apelo e às operações logísticas da marca Avon, à medida que a companhia vem enfrentando dificuldades em todos os seus principais mercados”, disse a instituição. O banco aponta ainda que a Natura “terá de investir para recuperar as operações globais (da Avon), enquanto já empreende um trabalho de reestruturação da The Body Shop”.

Apesar de combalida, no entanto, a Avon pode servir como linha popular para a Natura, além de servir como plataforma para o lançamento da “marca-mãe” em vários novos mercados. No Brasil, a união de forças colocará a Natura na posição de líder isolada do setor, distanciando o negócio de rivais como O Boticário e Unilever.

As duas empresas terão, juntas, 6,3 milhões de consultoras de beleza em todo o mundo. A Natura disse esperar ganhar sinergias entre US$ 150 milhões e US$ 250 milhões.

Aprovação do Cade

Segundo o comunicado da Natura, após a conclusão da aquisição, o conselho de administração será composto por 13 membros, sendo que três serão escolhidos pela Avon. A transação está sujeita aos acionistas das duas companhias e também por órgãos reguladores, incluindo o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade). A conclusão da operação é esperada para o início de 2020.

A Natura &Co foi assessorada pelos bancos UBS e Morgan Stanley, enquanto a Avon foi auxiliada por Goldman Sachs. Os membros do conselho de administração da Avon foram assessorados pela PJT Partners./ COLABORARAM BETH MOREIRA e FÁTIMA LARANJEIRA

52% das famílias no Maranhão ainda usam lenha ou carvão para cozinhar, aponta IBGE



O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou nesta quarta-feira (22) novos dados de 2018 da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua), como o tipo de combustível utilizado para a preparação de alimentos nos lares brasileiros.

Segundo o levantamento, 52,2% dos domicílios maranhenses ainda usavam lenha ou carvão para cozinhar. Ao todo, o percentual representa mais de um milhão de famílias em todo o Maranhão. O número registrado em 2018 é o maior nos últimos três anos, quando o percentual apresentou aumento de 7,3%. Veja no gráfico.

Em nota, o Governo do Maranhão, por meio da Secretaria do Desenvolvimento Social (Sedes), informou que tem "investido e executado ações volumosas para a redução do índice pobreza, vulnerabilidade social e alimentar de famílias maranhenses", como o programa de transferência de renda Bolsa Escola, a implantação de 26 Restaurantes Populares, além da criação de um Banco de Alimentos.

Dados nacionais

A nível nacional, apenas o Pará (57,5%) supera o Maranhão no percentual de domicílios que ainda usam esses combustíveis no preparo de alimentos. Em 2016, a taxa era de 44,9% em ambos os estados.

Já o menor percentual foi registrado no Rio de Janeiro: em 2018, 1,8% dos domicílios usavam carvão ou lenha para cozinhar. Em 2016, no entanto, essa taxa era de 1%.

terça-feira, 21 de maio de 2019

Josimar chama Portela de prepotente e diz que foi perseguido pela SSP



O deputado federal Josimar de Maranhãozinho (PR) chamou o secretário de Segurança Pública, Jefferson Portela, de prepotente em nota divulgada após vir à tona a segunda “carta-bomba” escrita pelo delegado Ney Anderson, ex-chefe do Departamento de Combate ao Crime Organizado, órgão ligado à Seic, onde diz que o parlamentar foi alvo de investigação da SSP.

Em sua defesa, Maranhãozinho acusou Portela de não medir consequências quando o objetivo “é atingir seus desafetos políticos” e criticou a operação Jenga, na qual classificou como “suspeita”, devido ao tom político apresentado em questão.

O deputado revelou, ainda, que ele e integrantes do PR sempre sofreram perseguições políticas por parte da Secretaria de Segurança Pública e detalhou ações policiais suspeitas e abusivas durante as eleições municipais de 2016 a candidatos nos quais estava apoiando.

“Todas as ações orquestradas pela Secretaria de Segurança do Estado não resultaram em nenhuma prova que desabonasse a conduta dos candidatos e do deputado federal Josimar Maranhãozinho, que vem sendo perseguido já por um bom tempo. O parlamentar enfatiza que é da base aliada do governo, mas o que garante a sua tranquilidade é sua conduta idônea e coerente junto a justiça e ao povo maranhense”, disse Josimar.

Entenda o caso

O ex-chefe do DCCO, Ney Anderson Gaspar, divulgou duas cartas contendo “nitroglicerina pura”, que foram publicadas com exclusividade pelo Blog do Neto Ferreira, onde ele revela pedidos de Jefferson Portela para investigar desembargadores do Tribunal de Justiça e o deputado Josimar de Maranhãozinho (leia também)

Além disso, Portela teria mandado espionar familiares de magistrados e blindar o superintendente de Articulação da Baixada, Penaldon Jorge, no inquérito policial da Operação Jenga – que investigava crimes de agiotagem e tinha como alvos empresários e políticos.

O titular da SSP também barrou o pedido de reabertura do caso Décio Sá e desejava prender o ex-deputado Alberto Franco.

Ao ver seu nome em meio às denúncias, o auxiliar de Flávio Dino resolveu se manifestar em entrevista concedida ao Blog. Na conversa, ele rebateu todas as acusações e classificou as cartas como mentirosas e criminosas (reveja aqui).

O presidente do Tribunal de Justiça do Maranhão, José Joaquim Figueiredo, pediu rigor nas investigações das denúncias que, a princípio vieram à tona durante o depoimento do ex-delegado Tiago Bardal à 2 ª Vara Criminal de São Luís e, em seguida, reforçadas por Gaspar (relembre aqui e aqui)

A Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Maranhão também requer uma apuração das acusações rigorosas (veja aqui).

Leia a nota abaixo:

“Segundo foi noticiado no Blog do Neto Ferreira, o secretário de Segurança Pública do Maranhão, delegado Jefferson Portela, mandou que fosse aberta uma investigação contra o deputado federal Josimar de Maranhãozinho (PR). A operação denominada de “Jenga” é altamente suspeita, devido ao tom político como foi apresentada.

As perseguições ao grupo político e ao PR, de forma específica, não é de hoje. Nas eleições de 2016, vários fatos estranhos ocorreram envolvendo justamente pessoas ligadas ao parlamentar e ao PR sendo que absolutamente nada foi comprovado.

O caso mais grave ocorreu com o então candidato a prefeito pelo PR em Centro Novo do Maranhão, Ney Passinho. Em uma abordagem arbitrária, a polícia prendeu o candidato, que se encontrava apenas com R$ 25,00 (vinte e cinco reais) no bolso e ainda assim foi preso, suspeito de compra de votos. O fato aconteceu na véspera da eleição.

Em Maracaçumé, no mesmo ano, o também candidato Tio Gal teve um comício interrompido pela polícia. Em Cândido Mendes, o candidato Facinho também foi perseguido. Em Maranhãozinho, também teve represálias. Em Zé Doca, ações violentas contra o grupo da, hoje prefeita Josinha Cunha, também foram registradas, inclusive com invasão da rádio Alvorada e agressão ao locutor Constantino, por parte do grupo ligado à oposição, sem que a polícia se manifestasse ou tomasse alguma atitude; o que causou bastante estranheza e que hoje pode ser explicado.

Todas as ações orquestradas pela Secretaria de Segurança do Estado não resultaram em nenhuma prova que desabonasse a conduta dos candidatos e do deputado federal Josimar Maranhãozinho, que vem sendo perseguido já por um bom tempo. O parlamentar enfatiza que é da base aliada do governo, mas o que garante a sua tranquilidade é sua conduta idônea e coerente junto a justiça e ao povo maranhense.

Portela é tido como um homem prepotente e que não mede consequências quando o objetivo de atingir seus desafetos políticos. Na investigação contra Maranhãozinho nada foi constatado e o parlamentar se diz tranquilo quanto a sua vida pública.

É bom ficar atento, pois informações plantadas e caluniosas devem ser o próximo passo de quem, a qualquer custo deseja inibir o crescimento político do deputado federal mais bem votado das últimas eleições.

Deputado Federal Josimar de Maranhãozinho

Via NETO FERREIRA 

segunda-feira, 20 de maio de 2019

FAÇA BONITO: Prefeitura de Centro Novo realiza ação de combate ao abuso sexual de Crianças e adolescentes.


A prefeitura de Centro Novo do MA, realizou na tarde desta segunda-feira (20) uma grande manifestação contra o abuso sexual de criança e adolescentes. A ação faz parte da campanha “Faça Bonito” que tem como foco convocar a sociedade para participar da luta em defesa dos direitos de crianças e adolescentes.

O evento partiu de uma parceria do Conselho Tutelar, secretária de assistência Social, educação e saúde . E teve participação da igreja adventista, equipe do programa Criança Feliz e grupo Tropinha de elite.

A programação começou com uma caminhada partindo da praça José Alencar, percorreu as ruas da cidade e terminou no ginásio esportivo. Alunos da rede municipal, juntamente com professores, participaram com faixas e cartazes com frases de alerta sobre o tema.

No ginásio houve várias apresentações e palestras de profissionais da assistência, como por exemplo, da assistente Social Aline Freitas que destacou a importância de combater e denunciar o abuso sexual através do disque 100 e dos órgãos competentes.

A prefeita Diva Silva fez questão de participar da ação acompanhada dos secretários: Eliane Gonçalves (Assistência); Jailson Farias (Administração); Zeca da Praia (Meio Ambiente); Raimundo João (Cultura), entre outros.


A data 18 de maio

No dia 18 de maio de 1973, uma menina de 8 anos foi sequestrada, violentada e cruelmente assassinada no Espirito Santo. Seu corpo apareceu seis dias depois carbonizado e os seus agressores, jovens de classe média alta, nunca foram punidos. A data ficou instituída como o “Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes” a partir da aprovação da Lei Federal nº. 9.970/2000. O “Caso Araceli”, como ficou conhecido, ocorreu há quase 40 anos, mas, infelizmente, situações absurdas como essa ainda se repetem.

Disque denúncia

O Disque 100 funciona diariamente de 8h às 22h, inclusive aos finais de semana e feriados. As denúncias são anônimas e podem ser feitas de todo o Brasil por meio de discagem direta e gratuita para o número 100; e do exterior pelo número telefônico pago 55 61 3212-8400 ou pelo endereço eletrônico: disquedenuncia@sedh.gov.br.















Fonte: Departamento de Comunicação de Centro Novo
Fotos: Joel Pontes

Colisão envolvendo 3 veículos de carga deixa um ferido na BR-316 no MA


Uma colisão envolvendo três veículos de carga deixou uma pessoa ferida na manhã de domingo (19) na BR-316 no município de Pio XII, a 270 km de São Luís.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o acidente aconteceu no Km 315 da BR-316 quando uma carreta teria reduzido a velocidade bruscamente por conta de um enorme buraco e foi colhida na traseira por outra carreta, que seria da mesma empresa.

De acordo com a PRF, o veículo que bateu na traseira colidiu tirando um pouco para a esquerda, momento em que bateu em um outro caminhão que seguia no sentido contrário. O condutor do veículo que bateu na traseira ficou preso nas ferragens, mas conseguiu sair. Ao final, foi constatado que ele teve apenas ferimentos leves.

A Polícia Rodoviária informou que após o acidente os três veículos de carga pesada foram removidos para fora da pista com o intuito de liberar a rodovia que corta o Maranhão.

Do G1

MARACAÇUMÉ: Construtora é condenada a pagar indenização a homem por atropelamento e morte da esposa


O juiz Raphael Ribeiro Amorim, da comarca de Maracaçumé, condenou empresa de engenharia, instalações e construções a pagar indenização por danos morais, no valor de R$ 100 mil, mais pensão mensal de 2/3 do salário-mínimo, a um viúvo, pela morte da esposa, atropelada por carro da empresa que prestava serviço à Cemar no momento do acidente.

Sobre o valor do dano moral incidem juros e correção monetária, a partir da data da sentença (15/05) e a pensão mensal será devida a partir da data da morte da esposa, até a data em que ela completaria 74 anos e sete meses – expectativa da vida média, conforme o IBGE –, ou até a data do falecimento do indenizado. A empresa deverá incluir o valor da pensão em sua folha de pagamento no prazo de cinco dias, sob pena de multa de R$ 5 mil.

Segundo apurado nos autos, o acidente ocorreu no dia 8/11/2012, por volta das 17h, em uma curva na Rua Fernão Dias, onde a mulher trafegava pelo acostamento, quando foi atropelada pelo condutor do caminhão da construtora. Segundo testemunhas, o motorista foi avisado do abalroamento pelas pessoas que estavam no local e parou para socorrer a vítima.

RESPONSABILIDADE CIVIL - Após realizar a instrução processual, com a coleta de depoimentos do viúvo e das testemunhas do acidente, o juiz entendeu que ficou caracterizada a responsabilidade civil objetiva da construtora pelo acidente de trânsito.

Apesar de não haver laudo pericial emitido por órgão de trânsito sobre o acidente, as informações dos autos evidenciaram a responsabilidade da empresa no acidente. “Ora, se o motorista da parte requerida (empresa) foi avisado do atropelamento por terceiros, há de se concluir que o motorista não prestou a decida atenção ao efetuar a manobra que afirmou fazer no momento do acidente”, ressaltou o juiz na sentença.

Nessas circunstâncias, o magistrado ressaltou não se tratar de homicídio doloso. Caso o motorista soubesse que havia uma pessoa transitando no local no momento do acidente e, mesmo assim, tivesse insistido na manobra, poderia ficar configurado o crime de homicídio doloso (com intenção), mas essa situação não tem respaldo nas provas produzidas.

“No caso dos autos, é inegável a ocorrência de danos morais sofridos pela parte requerente (o viúvo) com o óbito de sua esposa, fato este capaz de causar severos efeitos negativos ao estado emocional e espiritual de qualquer indivíduo, ensejando grave violação aos direitos da personalidade humana”, concluiu o juiz na sentença.

domingo, 19 de maio de 2019

Dia 28 tem atendimento da Ótica Oliveira em Maracaçumé


Próximo sábado vai acontecer consulta computadorizada da Ótica Oliveira em Maracaçumé. Se você está sentindo incômodo na visão é bom procurar um profissional para ter um diagnóstico correto. A Ótica Oliveira já tem tradição na região há mais de 10 anos. Ligue no horário comercial para o número (98) 98433-9373 e agende uma avaliação.

O atendimento será na própria loja, das 14h às 17h, nesta terça (28).

Endereço: Av. Dayse de Sousa Nº380 - próximo a Brasil Loja.



Chacina em bar deixa 11 mortos em Belém



Uma chacina deixou 11 mortos em um bar no bairro do Guamá, em Belém, por volta das 16h deste domingo (19), segundo a polícia. Uma pessoa ficou ferida e está sob proteção policial.

De acordo com a Polícia Militar, sete homens encapuzados chegaram ao local em uma moto e três carros e dispararam contra as vítimas. Quase todas foram baleadas na cabeça, segundo o secretário de segurança pública do Pará, Ualame Machado.

Dos 11 mortos, 6 são mulheres e 5 são homens. Um vídeo feito logo após o massacre mostra as vítimas baleadas e caídas pelo estabelecimento. Uma mulher estava deitada em cima do balcão do bar. Havia mais pessoas no local, mas elas conseguiram fugir, segundo Machado.

Até as 20h, as autoridades havia identificado 7 dos mortos, mas os nomes e as idades não foram divulgados.

A Divisão de Homicídios da Polícia Civil investiga o crime e realiza buscas. Não há informações sobre a motivação do crime e, até a última atualização desta reportagem, ninguém havia sido preso.

Bairro recebeu Força Nacional

O Guamá é o bairro mais populoso de Belém e um dos sete da região metropolitana da capital paraense que receberam, em março, o reforço no policiamento por parte da Força Nacional, em março, em razão dos elevados níveis de criminalidade.

Ao todo, 274 agentes fazem o patrulhamento nesses locais, batizados de territórios de pacificação pelo governo estadual. Segundo a gestão Helder Barbalho (MDB), houve queda do número de mortes no primeiro mês de atuação: foram 17, ante 19 nos 30 dias anteriores.

Em todo o estado, o número de mortes violentas caiu no 1º trimestre na comparação com 2018. Foram 756 neste ano, ante 996 no mesmo período do ano passado – uma queda de 24%.

Junco do MA realiza ação em alusão ao 18 de Maio: Dia de Combate ao Abuso Sexual de Crianças e Adolescentes.


A Conselho Tutelar de Junco do Maranhão realizou mais uma edição do 18 de Maio – Dia Nacional de Combate ao abuso sexual de Crianças e Adolescentes – ação aconteceu na praça da cidade e teve várias atrações culturais como músicas e danças.

Os conselheiros tutelares juntamente com alunos da rede municipal, terço dos homens, grupo de zumba, desbravadores, grupo melhor idade do CRAS fizeram uma caminhada pelas ruas da cidade com o objetivo de sensibilizar a população sobre o tema discutido e a secretária de saúde realizou atendimento com diversos procedimentos.

A psicóloga Gilmacy Meneses e o advogado Viusmar Lima trouxeram a luz a problemática que tem afetado a sociedade, QUE O ABUSO SEXUAL, e que precisa ser combatido e denunciado pela sociedade.

Um dos destaque do evento foi os grupos de zumba de Junco do MA e Boa Vista do Gurupi que realizaram performances incríveis.

Os secretários de Administração Bruno Veras, Secretário de Saúde Ayrton Abas, pastor Jairo Vieira e o Padre Francisco também prestigiaram o evento.

Para o conselheiro Tutelar Adeilton Mendes a equipe mais uma vez superou as expectativas: “A Campanha de Combate ao Abuso e Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes superou a respectiva, realizamos várias ações como: ação Social pela Secretaria de Saúde, Blitz Informativa com equipe do CRAS e Assistência Social, Passeata com participação dos Grupos Desbravadores de Junco e Maracaçumé e apresentações culturais” destacou.

Além do dia “D” também aconteceram outras palestra em várias escolas onde foi esclarecido para alunos, professores e pais a importância de observar as mudanças de comportamentos de possíveis vítimas e caso seja constatado fazer as denúncias aos órgãos competentes.

Por que  o 18 de Maio é o dia de Combate ao Abuso Sexual de Vulneráveis?

No dia 18 de maio de 1973, uma menina de 8 anos foi sequestrada, violentada e cruelmente assassinada no Espirito Santo. Seu corpo apareceu seis dias depois carbonizado e os seus agressores, jovens de classe média alta, nunca foram punidos. Desde então essa data é lembrada e foi criado O dia de Combate ao Abuso Sexual de Crianças e Adolescentes.













sábado, 18 de maio de 2019

MP eleitoral é contra foro privilegiado em investigação do prefeito de Maracaçumé


O Ministério Público Eleitoral, por meio do procurador regional eleitoral substituto, Juraci Guimarães Júnior, manifestou-se pelo envio da investigação que tramitava no TRE para o juízo da 100ª Zona Eleitoral do Maranhão (Maracaçumé), objetivando o julgamento de suposta prática de crime cometido por Francisco Gonçalves de Souza Lima (Chico Velho), prefeito do município de Maracaçumé (MA), que teria prometido a reforma do templo de uma igreja local em troca de votos ao então candidato a deputado estadual, posteriormente eleito, Adriano Cordeiro Sarney, em 2014.

As investigações ocorriam perante o Tribunal Regional Eleitoral em razão da especialidade de foro de Francisco Lima, porém, para o MPF, não se vislumbra, de acordo com a jurisprudência atual do Supremo Tribunal Federal (STF) e após diligências iniciais realizadas pela autoridade policial, que o possível crime noticiado tenha sido realizado em razão do cargo ocupado pelo investigado.

O STF restringiu o foro especial a situações em que os crimes tenham sido cometidos durante o mandato parlamentar e desde que os ilícitos tenham sido perpetrados em razão da função. Assim, o Ministério Público Eleitoral manifesta-se pela declinação da competência do TRE no caso, considerando que a apuração dos fatos, envolvendo o possível crime cometido por Francisco Gonçalves de Souza Lima, deve ser conduzida pelo juízo da 100ª Zona Eleitoral do Maranhão (Maracaçumé).

Para o procurador regional eleitoral substituto, Juraci Guimarães Júnior, “o foro privativo é um instituto antirrepublicano que também contraria a igualdade de todos perante a lei, dessa forma, os mandatários políticos devem responder na primeira instância como qualquer pessoa”.

sexta-feira, 17 de maio de 2019

JUNCO DO MA: Equipe da “Estratégia Saúde da Família” percorre o município levando saúde a quem mais precisa.



A equipe da Saúde da Família (ESF) percorreu a cidade e interior nesta quinta-feira (16) levando saúde a quem mais precisa que são os idosos e acamados que muitas vezes não podem se deslocar até um posto de saúde.

A secretaria de Saúde tem dado prioridade a saúde da família porque entende que a prevenção é a melhor forma de evitar que problemas simples se agravem posteriormente.

Os médicos Dr. Júlio Cesar Queiros que fez o atendimento na sede e o doutor José Humberto Dias que atendeu em Sodrelândia atenderam várias famílias com dignidade e respeito. Além disso, a psicóloga da município, Edynara Dolino, também acompanhou os atendimentos e sempre que possível fazendo intervenção dentro de sua área de atuação.

O prefeito Antônio Filho acompanha tudo que tem sido realizado e cobra constantemente do secretário Ayrton Abas resultados concretos de todas as ações. O saldo dessa parceria, responsável, é uma saúde de qualidade e que tem uma aprovação recorde da população. Fruto de ações pontuais que fazem toda diferença.


 





EDUCAÇÃO: Povoado Chega Tudo recebeu o Projeto Escola de Pais


A Semed realizou na tarde desta quinta-feira (16) no Povoado Chega Tudo mais uma edição do Projeto Escola de Pais. Esse projeto foi desenvolvido pela secretaria municipal de educação e tem percorrido as escolas da rede.

Em Chega Tudo o evento aconteceu na Centro Educacional Pequeno Príncipe teve a participação de profissionais da educação e dos pais dos alunos de todas as escolas do povoado. O pátio do colégio ficou lotado e atingiu as expectativas.

O evento teve como palestrante a psicóloga Wanda que tratou o seguinte tema: Comunicação entre pais e filhos. A escola ainda realizou uma apresentação de uma peça intitulada “TIPOS DE MÃE” sobre a importância da comunicação na família.

A Semed foi representada pela técnica Marcia Valéria e pela professora Meg (coordenadora da educação Infantil).

O projeto Escola de Pais tem um apoio todo especial da Prefeitura Municipal de Centro Novo e da empresa Avanco MCT. Inclusive a mineradora fez uma doação de um ventilador que foi sorteado entre os participantes no final do evento.

A secretária de Educação, Flávia Iza, relatou que esse projeto foi gerando no coração da Semed com o objetivo de prazer a família pra dentro da escola: “O escola de pais é um projeto que nasceu no coração da Semed com a finalidade de trazer a comunidade escolar para dentro da escola. Nosso objetivo tem sido alcançado pois temos percorrido o município e a aceitação são as melhores possíveis” destacou.

Ainda esse mês serão realizados esse mesmo evento, com a mesma temática, no Povoado Limão e na sede do município.
SEMED NÃO PARA! 






 
 


   
 

← Postagens mais recentes Postagens mais antigas → Página inicial
Editado e Instalado por