NOTÍCIAS DE MARACAÇUMÉ/JUNCO DO MARANHÃO E REGIÃO. Contato: (98) 98721-8362 E-mail: blogdorenatocosta@gmail.com

quarta-feira, 7 de março de 2018

CENTRO NOVO: Educadores discutem a Base Nacional Comum Curricular


Com o objetivo de fomentar uma discussão nacional sobre a estrutura e as competências da Base Nacional Comum Curricular (BNCC), o Ministério da Educação (MEC), o Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed) e a União Nacional de Dirigentes Municipais de Educação (Undime) estão orientando as escolas para que promovam, durante o mês de março, o Dia D de debates sobre as mudanças trazidas pela Base.

Em Centro Novo do Maranhão o dia D aconteceu nesta terça-feira (06) na escola Josué Montelo e contou com a presença de todos os profissionais da educação do município. O momento foi marcado pelos debates entre os educadores que discorreram sobre os problemas e também de soluções da educação de Centro Novo.

O encontro foi aberto pelo secretário de Educação Edivaldo Costa que deu boas-vindas aos professores e trouxe a luz um resumo do texto base do BNCC (Base Nacional Comum Curricular). Logo depois os professores foram divididos em três grupos: professores que trabalharam com educação infantil, fundamental menor (1º ao 5º ano) e Fundamental maior (6º ao 9º). Os grupos (separadamente) analisaram 10 pontos do texto e elaboram um parecer que foi apresentado no final do encontro.

A Base Nacional Comum Curricular (Resolução CNE/CP nº 2 de 22 de dezembro de 2017) não é currículo, é o documento que define os conhecimentos essenciais que todos os alunos da Educação Básica têm o direito de aprender. O Dia D terá um caráter formativo sobre o documento e ao mesmo tempo de engajamento dos profissionais da educação para a implementação que se inicia.

Prevista em lei, a BNCC deve ser obrigatoriamente observada na elaboração e implementação de currículos das redes públicas e privadas, urbanas e rurais, e define os conhecimentos e habilidades essenciais para a Educação Infantil e o Ensino Fundamental, respeitadas as diversidades e autonomia locais, promovendo aprendizagens que façam sentido para todos os estudantes.

A secretária de Educação de Centro Novo do Maranhão, Edivaldo, informou que esse encontro foi o ponta pé inicial da discussão. Novos encontros acontecerão durante o ano para que o debate se aprofunda até se chegar em um documento que servirá de base para a educação do Munícipio. Edivaldo está muito otimista em relação a essa mudança pois acredita que o currículo bem elaborado fará toda diferença no aprendizado das crianças.

















← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Editado e Instalado por