NOTÍCIAS DE MARACAÇUMÉ/JUNCO DO MARANHÃO E REGIÃO. Contato: (98) 98721-8362 E-mail: blogdorenatocosta@gmail.com

terça-feira, 31 de maio de 2016

Polícia investiga causa da morte de maranhense que morava na Bolívia

A polícia de Cochabamba, na Bolívia, está investigando a morte da maranhense Yasmin Karen, de 19 anos, que há um ano estudava medicina na cidade. Ela foi encontrada morta neste domingo (29) por amigos no apartamento onde morava. A polícia trabalha com a hipótese de envenenamento ou sufocamento por refluxo.


Segundo o pai da estudante, Sidney Costa, a embaixada brasileira na Bolívia informou que o laudo preliminar apontou como causa da morte um sufocamento ocasionado por refluxo. A irmã de Yasmin viajou para a Bolívia e irá acompanhar as investigações.


A notícia foi dada à família por colegas de Yasmin que a encontraram no apartamento. “Ela morreu dormindo. As colegas sentiram falta dela durante todo o dia, quando entraram no quarto ela estava toda ‘enroladinha’ como se estivesse dormindo, mas já estava morta”, explicou o pai.

Sidney Costa também disse que muitos boatos surgiram sobre a causa da morte da estudante. “Falaram que ela tinha se jogado do prédio onde morava, falaram que a mãe dele tinha se suicidado. É um desrespeito com a dor da família”, desabafou.


A família não tem como custear o traslado do corpo de Cochabamba até São Luís, que custa mais ou menos R$ 40 mil, e ainda busca uma solução para o problema

segunda-feira, 30 de maio de 2016

PR Mulher promove Workshop de oratória

IMG_6472
Centenas de mulheres de várias cidades participaram do evento
No último dia 28 de maio (sábado), o PR Mulher que tem como presidente a prefeita de Centro de Centro do Guilherme Detinha Cunha, realizou no auditório Fernando Falcão (ALEMA) o 1ª workshop de oratória. O encontro que teve como tema “Preparando seu Futuro Político” foi em especial dedicado às mulheres que visam disputar as eleições de 2016.
IMG_6372Entre os convidados as presenças de Edilânia Caldas representando as primeiras damas republicanas, Josinha Cunha e Tereza Muniz representando as pré-candidatas a prefeita, os deputados Josimar de Maranhãozinho presidente estadual do PR e Eduardo Braide, Hélio Soares ex-deputado estadual e Presidente do PR na capital entre outras lideranças politicas. Os temas trabalhados no workshop foram “Reforma Eleitoral” com o DR. Carlos Sérgio especialista em direito eleitoral e oratória com Marcos Soares Brasil, especialista em Gestão de Recursos Humanos, professor de oratória, teólogo e marqueteiro político.
Entre os objetivos do workshop esteve preparar o politico para falar com o eleitor ou em público e conseguir usar o poder da persuasão para colocar seu pensamento e suas ideias públicas e também fornecer as pré-candidatas informações importantes sobre as mudanças que ocorreram na reforma da legislação eleitoral que disciplina o pleito de outubro.
“Foi um workshop muito proveitoso e temos certeza que estamos mais bem preparadas para disputar as eleições, estamos fortes e conscientes dos nossos direitos e deveres e vamos trabalhar para o sucesso das nossas candidaturas”, disse Josinha Cunha, pré-candidata a prefeita de Zé Doca.
IMG_6534“Política se faz com pessoas bem preparadas e conscientes do processo eleitoral, aqui muitas dúvidas foram tiradas e grandes ensinamentos repassados”, disse Detinha Cunha presidente do PR mulher.
O deputado estadual e Presidente do PR Josimar de Maranhãozinho elogiou a iniciativa das mulheres Republicanas em promover esse encontro, que segundo ele, é fundamental para o fortalecimento e engrandecimento da mulher na politica.
 “Parabenizo o PR Mulher pela grande iniciativa, a todas as mulheres que estão a cada dia buscando com garra, determinação e ousadia o seu espaço na politica, um espaço que é também  garantido por lei e fruto de muita luta pela igualdade de direitos”, finalizou Josimar.
IMG_6472
IMG_6673
IMG_6590
IMG_6310
IMG_6372
IMG_6642
IMG_6574
IMG_6455
IMG_6428
IMG_6407
IMG_6399
IMG_6395
IMG_6447
IMG_6256
IMG_6249
IMG_6228
IMG_6214
IMG_6125
IMG_6202
IMG_6231
IMG_6625
IMG_6160
IMG_6107
IMG_6094
IMG_6068

Do blog: Maycon Alves 

Agora Lascou! Invasões de terras se espalham pela cidade de Maracaçumé.


Semana passada iniciou uma onda de invasões em terrenos privados em Maracaçumé, prática corriqueira em período eleitoral. Quem não lembra da invasão da Mangueiro 4 anos atrás? Foi um deus-nos-acuda. Alguém pagou a metade da área e foi liberada. A outra parte, pertencente ao Capixaba, até hoje está na justiça.    

A grande maioria dos invasores são pessoas que não ficam com os lotes e passam adiante por um preço baixo: quem ganha mesmo são os compradores que podem mercadejar o terreno por um preço bem superior meses depois. Quem perde é o dono do terreno que ver o suor do seu trabalho sendo levado por quem não teve nenhum esforço para conquistar.

Os terrenos invadidos desta sexta (27) ficam no Bairro Alto bonito. Os donos, segundo informações, é o empresário Laercio e o prefeito Chico Velho. Laercio, para não perder, ainda ensaiou lotear a área e vender por um preço popular. O prefeito Chico Velho cedeu sua parte aos invasores, porém, não foi suficiente e os populares acabaram entrando em áreas que não foram liberadas. Laercio viu seu plano cair por terra porque o povo ficou descontrolado e não houve como evitar o pior.

Na madrugada deste domingo (29) começou uma outra invasão, desta vez no bairro da Mangueiro, próximo ao loteamento do Lemos.

Semana antes, outro terreno, no centro da Cidade, de propriedade do Abraão, também havia sido invadido, porém, o motim, foi desfeito rapidamente.

Hoje, 30, as notícias que circularam é que outra invasão tenha começado agora no bairro Boa Vista.

Os donos dos terrenos invadidos vão procurar a justiça ainda hoje (30) e pedir a reintegração de posse. Mas como a justiça é lenta isso pode demorar anos e anos.

Perante de tanta incerteza, os donos dos terrenos estão, as pressas, mandando fazer os muros de suas propriedades. Outros estão pagando seguranças para fazer a guarda.
Vamos ver onde essa arruaça vai parar!





sábado, 28 de maio de 2016

Bolsa Família perdeu R$ 2,6 bilhões com fraudes


Daria para fazer quase 30 000 casas pelo programa Minha Casa, Minha Vida. Somente entre 2013 e 2014, pelo menos 2,6 bilhões de reais do total da verba reservada ao Bolsa Família foram parar no bolso de quem não precisava. A informação é resultado do maior pente-fino já realizado desde o início do programa do governo federal, em 2003. Feito pelo Ministério Público Federal a partir do cruzamento de dados do antigo Ministério do Desenvolvimento Social com informações de órgãos como Receita Federal, Tribunais de Contas e Tribunal Superior Eleitoral, o exame detectou mais de 1 milhão de casos de fraude em todos os estados brasileiros. O Bolsa Família, um valor mensal a partir de 77 reais por pessoa, é destinado exclusivamente a brasileiros que vivem abaixo da linha da pobreza. A varredura mostrou, no entanto, que entre os que receberam indevidamente o auxílio no período estão funcionários públicos, mortos e até doadores de campanha.

Só de funcionários públicos foram 585 000 os beneficiários ilegais. Em todos os casos, os contemplados ganhavam ao menos um salário mínimo (piso da categoria) e, segundo apurou o estudo, pertenciam a famílias com renda per capita acima de 154 reais - situação que os impediria de receber o benefício. O fato de esses funcionários serem majoritariamente servidores municipais reforça a tese do Ministério Público de que esse tipo de fraude não dispõe de um comando centralizado. "Nasce daquele microcosmo do município em que o cadastrador conhece quem está sendo habilitado e não tem interesse em realizar uma fiscalização correta sobre suas condições de pobreza", afirma a procuradora Renata Ribeiro Baptista, que coordenou a pesquisa.

Os doadores de campanha ocupam lugar de destaque no ranking das categorias de fraudadores identificadas no estudo. O Ministério Público encontrou 90 000 beneficiários do programa que, em 2014, doaram a políticos ou partidos valores iguais ou superiores aos recebidos do programa naquele ano e casos de grupos de dez ou mais beneficiários que transferiram verbas para um mesmo candidato.

O levantamento achou ainda beneficiários sem CPF ou com mais de um CPF, além de 318 000 beneficiários que eram donos de empresas. Abrir uma empresa não significa necessariamente que alguém seja um sujeito de posses (o processo para constituir uma firma pode custar pouco mais de 200 reais), mas o Ministério Público acredita que poucos dos contemplados nessa situação conseguirão provar que vivem abaixo da linha da pobreza.

Os 2,6 bilhões desviados correspondem a 4,5% do total investido no programa no período e estão abaixo da média internacional, apontada pelo Banco Mundial, de 10% de desvios em programas sociais. Para a procuradora Renata Baptista, porém, a estimativa do MPF é "conservadora". Segundo ela, muitas fraudes ficaram de fora do levantamento. "Apenas servidores com quatro ou menos familiares entraram no estudo." O prejuízo ainda vai aumentar.

VEJA.COM 

Nota de Esclarecimento

O blog noticiou nesta quinta-feira (26) a morte de uma pessoa na BR 316, Km 45, em Maracaçumé e relatou que a vítima se tratava de João Batista de Oliveira, porém, houve um equívoco nas informações repassadas ao titular do blog. O nome verdadeiro da vítima era José Batista de Oliveira.

O blog pede desculpa aos leitores e as famílias dos envolvidos pelo transtorno, principalmente ao João Batista que teve seu nome relacionado erradamente.




30 tons de indignação


Uma mulher a cada 11 minutos é estuprada no Brasil. Um número alarmante que só decorre em momentos de comoção nacional como está acontecendo agora. No Rio de Janeiro, como vem sendo noticiado nos jornais do Brasil e mundo, uma jovem foi violentada por 30 homens. Um caso absurdo que deixou a sociedade perplexa e se perguntando: onde vamos chegar? 

A jovem de 16 anos foi dopada pelo namorado para que os amigos fizesse o serviço sujo. A moça ao acordar percebeu que sua dignidade tinha sido usurpada. O pior ainda estava por vim, os bandidos, assim podemos qualificar esses rapazes, tiveram coragem de colocar na internet a maldade praticada.

As cenas são horríveis. Os diálogos, entre os estupradores, são aterrorizante porque o crime é visto como um troféu e os risos espalham pelo ar, demostrando que não houve um pingo de arrependimento pelo ato.

Fico imaginando o que passou na cabeça da vítima no momento que percebeu o que tinha acontecido. Deve ter entrando em estado de choque ao compreender a dimensão da gravidade que haviam acontecido consigo. As lagrimas, sem sombra de dúvida, vai acompanhar a rotina desta jovem por longos e dolorosos dias.

A punição dos culpados não irá trazer de volta a dignidade dela. Tão pouco irá trazer a paz de espírito. Ela vai ficar marcada para sempre e, provavelmente, com traumas que só tempo poderá curar.

Esse caso mostra a realidade cruel que muitas mulheres sofrem nas mãos de homens sem caráter que não tem forças para espalhar carinho, cuidado, proteção. Ao invés disto, espanca, maltrata, viola e até mata.

Aqui fica uma pergunta: que tipo de educação esses jovens que praticaram esse ato tiveram? Será que os país souberam educá-los como rege as normas ou foram criados no banho Maria? A sociedade está vendo surgir uma geração inteira criada “a-deus-dará”, ou seja, indivíduos sem limites que acham que podem tudo.

Tenho muita pena dos envolvidos porque iram pagar com a mesma moeda. Não desejo a morte pra ninguém, mas, tendo conhecimentos de casos parecidos o resultado para os criminosos será trágico. O que vai acontece com esses 30? Provavelmente virarão mulherzinha nos presídios da vida e depois serão ceifados sem piedade, porque até os detentos, mais perigosos, acreditem, repudiam atos desta magnitude.

Por: Renato Costa   


quinta-feira, 26 de maio de 2016

Um grave acidente foi registrado nesta quarta-feira em Maracaçumé com um óbito


No início da tarde desta quarta-feira (25) um grave acidente aconteceu na BR 316, Km 45, levando uma pessoa a óbito.

O acidente aconteceu próximo ao povoado Jatobá, perto da fazenda da ex-vereadora Claudia.

Um veículo vermelho colidiu com uma moto com placa de Boa Vista do Gurupi.

Segundo informações o condutos da moto vinha dirigente na contra mão e em alta velocidade.

O ocupante da moto faleceu instantaneamente e foi identificada pelo nome de José Batista de Oliveira, conhecido como Dedé – irmão do pré-candidato a prefeito de Gurupi.

Os ocupantes do veículo não sofreram nada. Prestaram depoimento e foram liberados. 




quarta-feira, 25 de maio de 2016

BOMBA: Charlianne Mendes se uni com Tio Gal para vencer a eleição em Maracaçumé


A vereadora Charlianne Mendes (PMDB) acabou de unir forças com o pré-candidato a prefeito de Maracaçumé Tio Gal.  Ela será a pré-candidata a vice-prefeita na chapa na eleição de Outubro.

A reunião que consolidou a adesão aconteceu na casa da vereadora e estar sendo festejada bastante, tanto pela família 22 (PR) como pela família 15 (PMDB).

Tio Gal e Charlianne Mendes agora vão trabalhar, de mãos dadas, em prol de uma Maracaçumé melhor e mais justa para todos. 


AD de Maracaçumé realiza Mobilização Missionária


A Igreja Evangélica Assembleia de Deus de Maracaçumé através da Secretaria de Missões realizou uma grande mobilização missionaria neste sábado (21) no bairro da Invasão.

Durante todo dia aconteceu evangelismo pessoa e cultos relâmpagos. A noite uma cruzada evangelística foi realizado em frente ao templo e 14 almas se renderam aos pés de cristo.

O pregador da noite foi o diácono Ray Nonato que pregou, brilhantemente, sobre a volta de Jesus.

O culto foi uma benção e Deus operou maravilhas naquele lugar.

Confira algumas fotos.










terça-feira, 24 de maio de 2016

Samyla vem aí!

A cantora SAMYLA se prepara para lançar o seu 1º CD que, por sinal, já está em fase de produção.

O projeto é assinado pelo Joab, um jovem produtor de Santa Luzia do Paruá que tem se destacado na região.

O CD terá 10 faixas pentecostais que irá abençoar as igrejas do Brasil.

Para quem não sabe: SAMYLA é conhecida em toda região se apresentando nas igrejas e participando de concursos onde sempre está entre os melhores.

Seja você um parceiro deste mistério abençoado e contribua com a produção do CD.

Ligue agora mesmo e seja um dos patrocinadores deste grande ministério.

Fone para contato: (98) 98893-5895 – falar com Selma (mãe)


Agora pegaram Sarney: Conversas com ex-senador chegaram na Lava Jato

O ex-presidente da república e ex-senador José Sarney teve seu nome estacionado na operação Lava Jato. As conversas entre o diretor da Transpetro, Sérgio Machado, e o senador Romero Jucá, afastado agora no final da tarde do Ministério do Planejamento do governo interino de Michel Temer, é um ovo perto das que ele teve com o maranhense.
Segundo revelou o jornalista Lauro Jardim, de O Globo, Machado foi gravado em conversas diferentes com Sarney, Renan Calheiros e Romero Jucá, separadamente.
O jornalista informou na sua coluna que os áudios contém revelações  bombásticas e que as de Sarney são mais comprometedoras. Lobão foi também gravado nas conversas.
Todo material encontra-se na mesa do Ministro Teori Zavascki, relator da operação Lava Jato.

Filho de Waldir Maranhão devolverá dinheiro aos cofres públicos

O médico Thiago Augusto Azevedo Maranhão Cardoso, filho do presidente interino da Câmara dos Deputados, Waldir Maranhão (PP-MA), afirmou que irá devolver todo o dinheiro recebido enquanto foi funcionário do Tribunal de Contas do Maranhão (TCE-MA).

A afirmação foi divulgada por meio de uma carta enviada, no último dia 16 de maio, ao presidente do TCE, João Jorge Jinkings Pavão, onde o médico afirma “arrependimento eficaz” e reconhece “os erros e equívocos” cometidos no decorrer de suas funções durante o período em que foi funcionário do órgão público no Maranhão.

Em um dos trechos da carta, Thiago Maranhão admite que não percebeu a gravidade dos fatos. “Não tive no primeiro momento, a capacidade de avaliar o grau de sua complexidade, todavia, estou aqui já que não somos capazes de voltar ao status aquo, para reconhecer que se porventura cometi alguma falta funcional ou causei qualquer prejuízo aos cofres públicos, tenho total responsabilidade e compromisso de devolvê-los, a fim de evitar maiores danos pessoais que me possa causar”.

O médico conclui a sua carta ao presidente do TCE dizendo que devolverá todo o montante recebido durante sua passagem pelo órgão público. “Assim Senhor Presidente, coloco-me a inteira disposição desse órgão para reparar os prejuízos de ordem financeira causado ao erário, por ser essa a medida de justiça”.   

Thiago Maranhão foi nomeado Assessor do Conselheiro Edmar Cutrim em novembro de 2013 e recebia um salário de cerca de R$ 7,5 mil, além de R$ 800 de auxílio alimentação. O médico ficou no cargo até maio e foi exonerado após as denúncias de que seria um "funcionário fantasma".

Bloqueio dos bens


O juiz titular da Vara de Interesses Difusos e Coletivos de São Luís, Douglas Martins, pediu no último dia 17 deste mês o bloqueio online de ativos financeiros e veículos do médico Augusto Azevedo Maranhão Cardoso até o limite de R$ 235 mil. Na sentença consta a restrição de transferência no Detran-MA e expedição de ofício aos cartórios de registro de imóveis avisando sobre a decisão.

G1 - MA

segunda-feira, 23 de maio de 2016

Justiça condena três ex-prefeitos por improbidade administrativa no MA


MARACAÇUMÉ - Três ex-prefeitos, dois de Maracaçumé, e um de Centro Novo do Maranhão, foram condenados por improbidade administrativa. Os ex-prefeitos são João José Gonçalves de Souza Lima, o “João do Povo”, e José Francisco Costa de Oliveira, o “Franco” (do município de Maracaçumé) e Dominício Gonçalves da Silva (de Centro Novo do Maranhão).

Na ação contra contra o ex-prefeito José Francisco, o município de Maracaçumé alega que o mesmo não efetuou a prestação de contas referente ao exercício de 2012. Na ação contra Domício Gonçalves, o ex-prefeito de Centro Novo do Maranhão é acusado de não prestar contas de recursos referentes a 02 (dois) convênios celebrados com o governo do Estado. O primeiro, no valor de R$ 220,931,87, objetivava a construção de 40 unidades residenciais no município. O segundo convênio, no valor de R$ 99.543,21, tinha por objetivo complementação de ações do Projeto Alvorada (sistema de abastecimento de água).

O ex-prefeito de Maracaçumé, João José Gonçalves de Lima, foi condenado a prestar contas de convênio firmado com o Estado para construção de sarjeta, assentamento de bloquetes e meio-fio (multa diária de R$ 1 mil pelo descumprimento), bem como ao ressarcimento de R$ 450 mil (valor do convênio). Multa civil no valor correspondente a 10 vezes o salário percebido pelo condenado quando à frente da administração municipal também consta das condenações.

Entre as condenações impostas aos ex-gestores, suspensão dos direitos políticos pelo período de 03 (três) anos e proibição de contratar com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, ainda que por intermédio de pessoa jurídica da qual seja sócio majoritário pelo período de 03 (três) anos.

Já aos ex-prefeitos José Francisco de Oliveira (Maracaçumé) e Domício Gonçalves da Silva (Centro Novo do Maranhão) o juiz determinou ainda multa civil no valor correspondente a cinco vezes o valor da remuneração mensal percebida à época dos fatos, enquanto prefeitos dos municípios.

VIA IMIRANTE com algumas modificações do titular do blog. 
← Postagens mais recentes Postagens mais antigas → Página inicial
Editado e Instalado por