NOTÍCIAS DE MARACAÇUMÉ/JUNCO DO MARANHÃO E REGIÃO. Contato: (98) 98721-8362 E-mail: blogdorenatocosta@gmail.com

sexta-feira, 13 de abril de 2012

ENTRE AMIGOS E IRMÃOS

Os momentos mais esplêndidos da vida são aqueles, vamos dizer: mais simples. Quando nos reunimos entre amigos (os melhores) e tiramos a noite para palavrear assuntos que trazem jovialidade para a alma... São raros esses momentos!... Mas eles existem, e quando se tem a oportunidade de desfrutar desses segundos, parece que o relógio trabalha mais rápido. Fico furioso! Mas fazer o que? A vida é feita dessas desavenças cabais... Cabe a nós driblar esse fenômeno e aproveitar os segundos sagrados nos seus mínimos detalhes, com as pessoas que realmente nos trás proveito e lucro culturalmente. Por que (falando sério) o que tem de gente sem conteúdo vagando por aí?... Os poucos que restam, parecem que somem, e pra marcar uma conversa legal, só abalizando na agenda de cada um -, e cada dia que passa fica mais difícil preparar essa façanha!

Por que estou escrevendo tudo isso aí em cima? É por que adorei a noite de ontem com meus amigos intelectuais. A saber: Elda, Perote e Leudinéia. O bate papo foi tão bárbaro, que há dias não participava de um assim, pois como afirmo lá em cima: está em extinção pessoas altamente instruída e que tenha conteúdo que vale a pena ouvir. Pessoas desse calibre, que, quando abrem à boca é pra falar tudo e mais um pouco, estão desaparecidos, ou se existem nessas bandas não me apresentaram.

Sem mais me alongar: Quero dizer que foi óóóóóótima à noite! E que se repitam mais vezes, pois o que vale realmente nesta vida, são os momentos bons entre amigos e irmãos.







Sexta-feira 13... O dia do azar. Será?

Acordei está manhã e os principais jornais estampavam essa notícia daí de cima. E como esses jornais são todos sensacionalistas, utilizam todas as armas que lhes são cabíveis para transformar este assunto em pauta principal do dia – isso inclui visitar uma loja de macumba, colocar uma escada no meio da rua e mais algumas artimanhas bizarras – tudo para chamar a atenção dos telespectadores de plantão. Eu que não consigo fazer outra coisa após acordar se não ligar a TV e assistir esses jornais, tive que vê e rever essa patifaria, pois a pauta era a mesma... Só o canal que mudava.

Alem disso, descobri nesta manhã que além de hoje ser: a temida sexta-feira 13, também se comemora o dia do beijo, coincidência ou não, aquela novela das 7 da Globo que tem “o beijo” como tema, acaba hoje também. Será que isso foi programado ou foi coisa do destino? Essa resposta não está no Aurélio, portanto, quem tem seu amorzinho do lado que beije muuuuito! E quem não tem o que beijar (meu caso) que trate de arranjar uma pessoa o mais rápido possível, pois vai ano e entra ano, e essa data também vai e volta, com detalhe, no piscar de olhos, pois os dias atualmente voam.

terça-feira, 10 de abril de 2012

FESTA DA MISSIONÁRIA

Festa! Quem não gosta de festejar? E, essa mania vem se alastrando de longe: desde os primórdios da humanidade! E, ontem para não fugir a regra habitual, no templo central – houve uma pequena e singela homenagem a ela: irmã Maria do Rosário Leite Martins, esposa do pastor Francisco Martins, que foi pega de surpresa (assim eu penso) recebeu presentes, aplausos e pequenas declarações de carinhos dos principais departamentos da igreja. No final das felicitações, na hora da musica de parabéns, entra um bolo lindo nos corredores da igreja. Muito alegre: Ela agradece a igreja, pelo carinho, empenho e dedicação em realizar o momento, e por não ter esquecido o dia. O pastor fez uma pequena declaração em seu ouvido. A surpresa maior não teve como chegar: Uma geladeira comprada na cidade de Zé Doca (de ultima geração), pois houve algum empecilho e esse presente será entregue depois. Eu estava com muita vontade de comer uma fatia do bolo, e jazem tudo certo pra isso, mas desistir da idéia e fui para minha casa dormir igual um anjinho, e é claro, antes disso fazer a minha leitura habitual de todas as noites, pois disso queridos: Eu não abro mão jamais, pois se tem uma (das coisas) que eu amo nessa vida é ler, e por isto, devoro livros e mais livros até o sonho me apagar e no dia seguinte começar tudo novamente.



segunda-feira, 9 de abril de 2012

ETERNA REGENTE

A primeira vez que a vi foi na igreja nos intermináveis ensaios da tarde que se seguiam no templo central da AD de Maracaçumé (isso nos primeiros anos do século XXI), onde essa pessoa passava a maior parte do tempo ocupada com os grupos da igreja que iam desde coreografia, passando pelos vocais e terminava como solista de uma extinta banda no finalzinho da tarde. Haja fôlego para encarar tudo isso, mas ela dava conta de tudo sem deixar a peteca cair.

De quem estou falando? Dela mesmo: a magnífica “Vânia Pereira” – a esposa do Celdeny e mãe do Wesley Felipe. Essa guerreira que depois de alguns anos de lutas continua ativa e, produtiva na casa de Deus, se tornou uma grande amiga minha... E não estou exagerando, apenas afirmando que verdadeiras amizades existem – está em extinção é claro – mas às vezes se ganhar na loteria da vida, e vez por outra, nos deparamos com surpresas boas como essa que foi conquistar a amizade dela.

Essa amizade pendura alguns anos, sendo que nesses últimos tem sido mais intensa, e tenho participado ativamente da sua vida. Fui ombro amigo de vários momentos nefastos de sua vida. Alguns momentos parecia o fim de tudo, mas logo a página virava e surgiu uma nova... Trazendo solução para tudo. Muitas lágrimas contemplei cair de seus olhos, e nesses momentos, dei meu ombro amigo pra ela chorar, e sempre busquei palavras de consolo que viesse amenizar a situação. Nesses anos todos, pude contemplar dentro da igreja o seu empenho e dedicação em cumprir as tarefas que lhes foram designadas. Nunca a vi largar o remo no meio da maré, mas sempre buscava soluções para os problemas que persistiam em querer atrapalhar a obra.

Quem vê os acontecimentos com o olhar superficial, não pode contemplar a grandeza do seu trabalho: pois precisa ter talento para galgar o posto que ela ocupa hoje dentro da Eclésia. Muitas pessoas não aceitam sua forma de atuar, outras são contras certas atitudes dela, mas essa é a vida, nem Jesus conseguiu agradar todo mundo: prova maior foi que o mataram numa cruz.

Escrever isso pode parecer puchação de saco, mas não é! Isso se chama gratidão pela amizade e compreensão nesses anos todos. Nessa vida aprendi que não devemos homenagear as pessoas depois que morre, mas sim, em quanto vida tiver, pois morto não escuta e muito menos ler para saber quem realmente lhe custe e lhe admira. Por isso, a partir de agora irei escrever sobre as pessoas que fazem parte da minha vida – e não se espante que no próximo post não seja você.

Um grande abraço pra minha amiga Vânia e para todos que tiveram paciência de ler o que escrevi, neste texto imenso.

POR: RENATO...



quarta-feira, 4 de abril de 2012

VIDA

“Sorria, brinque, chore, beije, morra de amor, sinta, sonhe, grite e, acima de tudo, viva. O fim nem sempre é o final. A vida nem sempre é real. O passado nem sempre passou. O presente nem sempre ficou e o hoje nem sempre é agora. Tudo o que vai, volta. E se voltar é porque é feito de amor”.

segunda-feira, 2 de abril de 2012

ADRENALINA


O mês de Março se foi e já estamos em abril (como passou rápido), mas não importa!... O importante é que o tempo não pára e, já entramos em Abril com o pé direito.

Ontem foi primeiro de Abril, e dizem as más línguas-, ser o dia da mentira, e deste modo, alguns declaram ser: o dia mundial dos Homens simplesmente por deduzirem que são todos mentirosos. Mas não sou adepto desta teoria, pois acredito que todo ser humano mente, em especial quando pra se defender, isto é extinto natural, é isso não se muda.

Esse final de Março teve uma pitada a mais de Sal pela viagem que fizemos, no último Sábado, a Santa Lúzia do Paruá. A diversão maior ficou pelo percalço que se deu – tanto na ida como na volta – que envolveu a perfuração dos pneus do carro no qual estávamos, digo nós, pois éramos cerca de 100 pessoas, entre jovens e adolescente. Os pneus furaram por superlotação.

Mais esse fato deu mais adrenalina a viagem e trono-a mais alegre, embora cansativa, mas é encima do amargo da vida que se degusta o doce. Não tenho do que reclamar e já estamos planejando mais algumas viagens para este primeiro semestre. É só aguardar que breve as notícias espocarão entre todos pelo ar.
← Postagens mais recentes Postagens mais antigas → Página inicial
Editado e Instalado por