NOTÍCIAS DE MARACAÇUMÉ/JUNCO DO MARANHÃO E REGIÃO. Contato: (98) 98721-8362 E-mail: blogdorenatocosta@gmail.com

quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

NATAL

O natal mais um ano se apresenta, como forma capital de aquecer o mercado e aumentar as vendas do comercio. Isso faz tempo que acontece no mundo, e no meio desse paradoxo todo o significado primordial foi esquecido pela humanidade, o personagem principal foi trocado por um personagem paspalhão chamado: Papai Noel, isso mesmo, trocaram “Jesus Cristo” por um mero animador de criança.

Embora essa festa seja universal, as pessoas não deveriam se concentrar apenas em valores terrenos, Jesus não veio a está terra pregar inversão de valores, Ele veio pregar o verdadeiro e genuíno AMOR, coisa que o mundo não aprendeu ainda a reproduzir.

Falta à humanidade repensar os seus limites e deixar os valores terrenos de lado e habituar-se ao melhor dessa terra, ou seja: amor e perdão. Vale muito mais um abraço de amor e perdão, do que um belo presente comprado a preço de ouro, os presentes passam, mas os amores, amigos, parentes, isso jamais passará, portanto, cultivemos esses nobres sentimentos neste próximo dia 25, e convido a repeti-los não somente no natal, mas no ano inteiro.


FELIZ NATAL!

POR: RENATO






DEVANEIO

Sonho, meu sonho é muito alto, tão alto que a minha imaginação chega a deflagrar de tanto aspirar esse desejo. Respiro esse devaneio que corre pelas minhas veias como uma necessidade de vida. O mundo não terá nenhum sentindo para mim se isso não se concretizar em minha existência.
Que sonho é este? Eu respondo com água na boca de tanto desejo:

ESCREVER UM LIVRO DIGNO DE APLAUSO PELOS NEVRÁLGICOS DE PLANTÃO.

Esse sonho é tão difícil quanto cruzar o Monte Everest em pleno verão. É preciso estudar muito, e, além disso, ensaiar o ato (escrever) diurnamente pra quem sabe um dia, em um vindouro bem próximo o sonho não esteja se realizado. Isso não depende de sorte, mas sim, de interesse próprio e bravura pra chegar lá. E isso meus queridos, eu tenho de sobra, mesmo que em alguns momentos de fraqueza eu pense que a vida foi muito injusta comigo, mas em seguida eu vejo que tudo tem seu lado bom e ruim. O que resta é se conformar e lutar para mudar o quadro negro, para um pitado pelo dedo de Deus, ou seja, colorido.

POR: RENATO











quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

HOJE É MEU DIA - PARABÉNS!!!!

No dia de hoje completo mais um ano no jardim da minha existência, vinte e uns anos bem vividos e se Deus me permitir quero ultrapassar a casa dos duzentos. Para que? Para usufruir as maravilhas do mundo, existem gentes grotescas por aí que dizem que a vida continua após a morte, e eu até concordo, mas em outros modos, não mais como aqui vivemos. Portanto, esta vida é única e temos que desejar com força ultrapassar as barreiras da física.
Amanhã no dia do meu níver, estarei nas entranhas do Chega Tudo, finalizando o ciclo escolar do ano de 2011, e bocas de Matilde me falou: vai haver festa por lá, e por isso não perco por nada, mesmo sacrificando meu dia com a família e amigos. Pra na cinquenta estarei fazendo a minha ultima viagem esse ano, pois nunca se sabe o próximo pra onde irão me lotar. Mas se pra eu for novamente, irei feliz.
Enfim... Estou muito grato a Deus por tudo e por todos. Esse ano foi um tanto conturbado, mas as lutas foram superadas, a gente até sente saudade das tais, vez e outra, mas é saudade passageira e como chuva de verão se dissipa e se vai.
Ate mais.
Renato
  








terça-feira, 13 de dezembro de 2011

HOJE É MEU DIA - PARABÉNS!!!!

No dia de hoje completo mais um ano no jardim da minha existência, vinte e uns anos bem vividos e se Deus me permitir quero ultrapassar a casa dos duzentos. Para que? Para usufruir as maravilhas do mundo, existem gentes grotescas por aí que dizem que a vida continua após a morte, e eu até concordo, mas em outros modos, não mais como aqui vivemos. Portanto, esta vida é única e temos que desejar com força ultrapassar as barreiras da física.
Amanhã no dia do meu níver, estarei nas entranhas do Chega Tudo, finalizando o ciclo escolar do ano de 2011, e bocas de Matilde me falou: vai haver festa por lá, e por isso não perco por nada, mesmo sacrificando meu dia com a família e amigos. Pra na cinquenta estarei fazendo a minha ultima viagem esse ano, pois nunca se sabe o próximo pra onde irão me lotar. Mas se pra eu for novamente, irei feliz.
Enfim... Estou muito grato a Deus por tudo e por todos. Esse ano foi um tanto conturbado, mas as lutas foram superadas, a gente até sente saudade das tais, vez e outra, mas é saudade passageira e como chuva de verão se dissipa e se vai.
Ate mais.
Renato
  








segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

BODE NEFÁRIO

A política em sua essência é a mais pura “perdão pela palavra” desgraça! Por que declaro isto? Porque vejo o desenrolar do quadro maquiavélico neste município. Onde o prefeito que apoiava certo candidato, decidiu que, não mais o apoiaria e, de imediato se lançou pré-candidato pras eleições do ano que vem. Será que isso já não estava premeditado? Sou meio cético no quesito briga, pra mim foi a mais pura armação esses anos todos pra enganar o povo: dizendo aos quatro cantos que não era candidato. Agora pra mostrar o lado bom, vai abrolhar como ovelha novamente, petulante serão os eleitores que acreditarem nessas façanhas de última hora, pois atrás de uma falsa ovelha sempre anda escondido um bode nefário.

POR: RENATO
     

domingo, 11 de dezembro de 2011

SONHO

O sonho é o caminho mais lindo pra se conquistar o que se almeja na vida.
Esse caminho deve ser trilhado com alegria e perseverança, amor e paixão.

Um quarteto perfeito que faz bem ao coração!

UM DIA DE VERÃO


Onde estais doce amada,
Teu delicado aroma almejo sentir,

Mergulhar em teus braços e me afogar,

De amor intenso me completar.
Fazer um folguedo só de nós dois,

De amor e paixão, sedução e prazer,
Entre lenções aconchegante,

Festejar de prazer até ao amanhecer.

Não mais ultimar e seguir sem parar,
Mesmo com sol, pairando no ar,

Teus rios de amor quero deleitar,
Sem horas marcada para parar.

Seguir tarde adentro como um furação,
Morrer se possível, mas de emoção,

Prazer, encanto e paixão,
Almejo esse dia de verão.

RENATO

01/12/2011

POEMA SOBRE A VIDA

A coisa mais injusta sobre a vida é a maneira como ela termina. Eu acho que o verdadeiro ciclo da vida está todo de trás pra frente. Nós deveríamos morrer primeiro, nos livrar logo disso.

Daí viver num asilo, até ser chutado pra fora de lá por estar muito novo. Ganhar um relógio de ouro e ir trabalhar. Então você trabalha 40 anos até ficar novo o bastante pra poder aproveitar sua aposentadoria. Aí você curte tudo, bebe bastante álcool, faz festas e se prepara para a faculdade.

Você vai para colégio, tem várias namoradas, vira criança, não tem nenhuma responsabilidade, se torna um bebezinho de colo, volta pro útero da mãe, passa seus últimos nove meses de vida flutuando. E termina tudo com um ótimo orgasmo! Não seria perfeito?


POR: CHARLES CHAPLIN
← Postagens mais recentes Postagens mais antigas → Página inicial
Editado e Instalado por