NOTÍCIAS DE MARACAÇUMÉ/JUNCO DO MARANHÃO E REGIÃO. Contato: (98) 98721-8362 E-mail: blogdorenatocosta@gmail.com

segunda-feira, 18 de março de 2019

SEMED implanta Projeto "Escola de Pais" em Centro Novo do Maranhão


A SEMED de Centro Novo do Maranhão realizou nesta quinta-feira (14) a primeira edição do projeto Escola de Pais. O objetivo é incentivar a comunidade escolar a participarem das atividades dentro das instituições de ensino.

As duas primeiras escolas a recebem a equipe da SEMED foram Oberdan Barros e Cândido Pereira, onde contou com a presença do secretário de educação Edivaldo Costa, coordenadora Marcia Valéria e o psicólogo Rubeniques da Silva, além de todo corpo de professores das instituições envolvidas e dos atores principais do projeto que são os pais.

O projeto percorrerá todo município, inclusive os povoados e visa apoiar os pais, alunos, professores e gestores das escolas públicas do Município, tornando as relações mais satisfatória e convivências saudáveis. Sendo possível assim, promover uma melhor aprendizagem dos alunos e maior satisfação dos educadores e pais no processo de educar e ensinar.

O projeto escola de pais será uma formação continuada onde todos terão acesso a conhecimentos importantes sobre as habilidade sociais, melhorando assim o relacionamento e comunicação entre todos.

Para o secretário de educação Edivaldo Costa o projeto vem somar com as boas práticas já realizada nas escolas do município: “O Projeto Escola de Pais é um sonho antigo que estamos tendo a oportunidade de executar. Acreditamos que os resultados serão os melhores possíveis. Esse projeto excepcional veio pra ficar e ajudar a transformar a educação de Centro Novo” destacou.

O psicólogo Rubeniques tem uma participação importante, pois ele estará sempre presente na aplicação do projeto e dando a sua contribuição através de palestras e tirando as dúvidas da comunidade escolar, sempre com pautas pertinentes e essenciais.










domingo, 17 de março de 2019

Por conta da herança homem mata o próprio irmão no Maranhão



O homem identificado como Wanderson da Silva Araújo, assassino de um irmão de criação, foi preso por policiais da Delegacia de Paço do Lumiar, nessa quinta-feira (14), em cumprimento a mandado de prisão temporária de 30 dias.

Wanderson Silva é autor de homicídio qualificado contra Luís Renê do Vale Santos, no dia 22 de janeiro de 2019, por volta das 17h, com disparos de arma de fogo, na Avenida 02, Vila Nossa Senhora da Vitória, área do bairro Pirâmide, em Paço do Lumiar, na região metropolitana de São Luís.

A ação criminosa foi tipificada como homicídio qualificado por motivo torpe e realizado de emboscada, nos termos do art. 121, incisos I e IV, CPB, o que tornou o crime hediondo.

A torpeza ficou caracterizada pela motivação, pois Wanderson e Luís Renê eram filhos do mesmo pai, sendo a vítima filho de criação. Eles estavam disputando a herança deixada pelo pai falecido.

Além disso, a qualificação se deu, também, porque o autor, no dia do crime, preparou uma emboscada para a vítima ao vigiá-la em seu comércio e esperar o melhor momento para fazer o ataque.

SEMAD realiza composição da Comissão Especial Intersetorial de Agentes Contaminantes em Centro Novo do Maranhão.



A Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano de Centro Novo do MA, realizou na última quarta-feira (13), uma reunião entre as Unidades Administrativas Municipais, responsáveis pela Gestão de Políticas Municipais de Saúde, Educação, Assistência Social, Meio Ambiente e Agricultura Familiar, com a parceria da Força Estadual de Saúde do Maranhão (FESMA) para tratar das medidas de prevenção/controle de novas contaminações por produtos químicos nos Povoados Cipoeiro e Chega Tudo, e ainda a composição da Comissão Especial Intersetorial de Agentes Contaminantes, que visa através da conscientização da população e meios de fiscalização, executar medidas que tem por objetivo minimizar os impactos ambientais causados pela problemática de contaminação por produtores tóxicos no munícipio.

A reunião aconteceu no auditório do Centro Educacional Denizard Almeida, que contou com a presença do vice-prefeito Luiz Cupim, dos Secretários municipais, Zeca da Praia, de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano; Jailson Farias, de Administração e Finanças; Gregorio Mendes, de Agricultura; Eliane Gonçalves, de Assistência Social; representantes da Secretaria Municipal Saúde, o Coordenador Municipal de Saúde, Francisco Santos e a Enfermeira Maria Cleia; representando a Secretaria Municipal de Educação, o Nutricionista Fabrício Máximo e o professor Carlos Magno; Gestor do C. E. Denizard Almeida e Silva, e ainda os profissionais da Força Estadual de Saúde do Maranhão (FESMA).


O Secretário Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano de Centro Novo do Maranhão, Zeca da Praia, ressaltou a importância da parceria para a implantação da Comissão Especial Intersetorial de Agentes Contaminantes. " Nosso trabalho a partir de agora é pôr em prática medidas que visam minimizar os impactos ambientais, e a composição da Comissão Especial Intersetorial de Agentes Contaminantes, é o início da busca de estratégias, que serão focadas na necessidade de realizar intervenções que resolvam a problemática que afeta a saúde da população, além de provocar danos ambientais, sociais e econômicos em Centro Novo do Maranhão. É importante destacar o total apoio da prefeita Diva Silva, e o que quanto a Gestão Municipal está empenhada no objetivo principal, que é proteger o meio ambiente e promover a melhoria da qualidade de vida da população", disse o Secretário.

Todos os envolvidos que participaram da reunião, demonstraram apoio ao fortalecimento das ações, e a partir de agora todos irão trabalhar juntos, para a conscientização da população sobre os riscos causados ao meio ambiente e a saúde das pessoas. A criação da Comissão Especial Intersetorial de Agentes Contaminantes, é fundamental para o combate das práticas muito usadas nas zonas de garimpos no munícipio, que diariamente depositam na natureza, através dos processos da extração do ouro, agentes contaminantes, degradando, igarapés, lagos e o Rio Gurupi.

  


ASCOM - Prefeitura de Centro Novo do Maranhão

DESTAQUE: Projeto Tropinha de Elite é lançado em Centro Novo do Maranhão.



Na última quinta-feira (14) aconteceu a solenidade de lançamento do projeto Tropinha de Elite no Ginásio Esportivo em Centro Novo do Maranhão. É a segunda vez que esse projeto é realizado no município e partiu da parceria do 31º Batalhão da policia Civil de GNF, Mineradora Avanco e Prefeitura Municipal.

Várias autoridades participaram da abertura do projeto como, por exemplo, a Prefeita Diva Silva; Líder político, Domício Gonçalves; Major, Marcos Antônio; secretário de educação, Edivaldo Costa; superintendente do estado, Iracema Alves; coordenador do projeto, Coronel Machado; represente da Avanco, Sebastião Amorim; entre outras autoridades.

O projeto TROPINHA DE ELITE, é uma iniciativa do major Marcos Antônio, e terá suas atividades desenvolvidas em um local próprio cedido pela prefeitura, onde os ingressantes passarão a conhecer a rotina militar, sendo-lhes repassadas uma gama de conhecimentos como: primeiros socorros, sobrevivência na selva, ordem unida, noções de respeito e civilidade, esporte, reforço escolar, civismo, respeito ao próximo e outros seguimentos.

Para o secretário de educação Edivaldo Costa esse projeto vem reforçar as boas práticas desenvolvidas na educação do município: “O Tropinha de elite é um projeto vitorioso pelo resultado da edição anterior. E nós como gestor da educação cremos que o efeito desse projeto refletirá no resultado dos alunos em nossas escolas e dentro da sociedade” destacou Edivaldo.

A prefeita Diva Silva faz questão de investir e dar total apoio ao projeto: “Não medimos esforços para apoiar esse projeto porque acreditamos no resultado que ele trará para a nossa sociedade. O Tropinha de elite dar uma formação única que reflete dentro da sociedade com crianças e adolescentes mais disciplinados” afirmou a prefeita.

   

 


 
 



sábado, 16 de março de 2019

Madrasta admite que matou Bernardo e inocenta marido



Graciele Ugulini, madrasta do menino Bernardo, começou o depoimento no quarto dia de julgamento, que ocorre desde a última segunda-feira (11), no Fórum da cidade de Passos, ao norte do Rio Grande do Sul. Ela afirmou que a maioria dos fatos ocorridos durante o assassinato de Bernardo, em abril de 2014, é verdadeiro.  "O Leandro não tem nada a ver, só quero o perdão dele. O Leandro não tem nada a ver com isso, é tudo culpa minha.", afirmou a enfermeira, acusada de homicídio triplamente qualificado. A ré chorou durante o depoimento que teve início às 9h35 desta quinta-feira (14), e se estendeu até o fim da manhã. Esta foi a primeira vez que Graciele prestou esclarecimentos publicamente sobre o crime. O único depoimento que deu foi à polícia, em 30 de abril de 2014.


Ao depor nesta manhã, a madrasta afirmou que levou Bernardo com ela na viagem a Frederico Westphalen, distante cerca de 430 quilômetros da capital, e que o menino estava muito agitado. Para acalmá-lo, a enfermeira deu cinco doses do medicamento ritalina. "De repente eu olhei, ele estava encostado, babando... levantei a camiseta dele e vi que não tinha movimento respiratório. Chacoalhei, mexi ele e nada", lembrou. Graciele Ugulini afirmou à juíza que a amiga Odilaine Uglione, também ré no caso, queria levar de imediato o garoto, já desacordado ao hospital para receber atendimento. No entanto, a enfermeira admitiu que preferiu esconder o corpo da criança devido à relação dela com o marido e pai de Bernardo, o médico Leandro Ugulini. "Admito que dissimulei. Tentei de todas formas agir de forma normal para Leandro não desconfiar", revelou a enfermeira.

SEMUS realiza roda de conversa na UBS da Vera Cruz.



A UBS do povoado Vera Cruz recebeu mais uma ação da semus com foco nas mulheres. O evento aconteceu na última quinta-feira (14) onde a psicóloga Edynara Dolino realizou uma roda de conversa incentivando as mulheres a “empoderá-se”.

O local ficou lotado de mulheres que foram ouvir a psicóloga e, diante da palestra, participar através de perguntas que – muitas vezes – ficaram sem repostas no decorrer do tempo por falta de respostas concretas de profissionais competentes.

As mulheres – hoje em dia – tem um papel importantíssimo dentro da sociedade, por isso mesmo que as mulheres são observadas com um olhar diferenciado pelas políticas públicas, justamente porque elas tem assumindo um papel de destaque em todas as áreas da sociedade.

A Secretária de Saúde de Junco do Maranhão (através de seus colaboradores) tem realizado diversas ações com a abordagem na mulher. Essa ações tem feito muita diferença: hoje as mulheres sabem seus direitos, conhecem as leis que as protegem, se cuidam mais e, acima de tudo, as ações aumentam a autoestima de muitas o que acaba gerando uma sociedade mais feliz.


Fonte: Departamento de Comunicação de Junco do Maranhão 

sexta-feira, 15 de março de 2019

“Estamos incorporando várias experiências”, diz Flávio Dino ao dar posse a novos secretários



O governador Flávio Dino deu posse nesta sexta-feira (15) a quatro secretários de Estado e ao presidente do Instituto de Metrologia e Qualidade Industrial do Maranhão (Inmeq). De acordo com ele, as mudanças representam “a continuidade do aprimoramento da nossa equipe, uma vez que sempre estamos buscando o melhor. Estamos incorporando várias experiências”.

Luís Fernando, que era prefeito de São José de Ribamar, assumiu a Secretaria de Estado de Programas Estratégicos (Sepe). “Quero destacar especialmente a incorporação do ex-prefeito Luís Fernando, uma liderança política e administrativa atestada e provada há muitas décadas. Vai engradecer nossa equipe com sua capacidade de trabalho”, disse Flávio Dino.

Como secretário, o ex-prefeito vai ter a missão de levar adiante projetos importantes para o desenvolvimento: “Eu fico muito honrado com o convite e vamos dar o melhor de nós, como sempre fizemos, para colaborar com este grande governo, que a cada dia constrói um Maranhão de todos nós”.

Avanço

Simplício Araújo foi reconduzido à Secretaria de Estado de Indústria, Comércio e Energia (Seinc). "Neste segundo momento, temos que avançar destravando o setor produtivo no Maranhão e buscando a geração de mais empregos e adensamento de cadeias produtivas", afirmou.

Enos Ferreira, que estava na Sepe, passou a comandar a Secretaria de Relações Institucionais (SRI): “É uma alegria receber do governador uma nova missão, de fazer a articulação com as organizações da sociedade civil, visando a implementação de projetos que são prioritários para o governo. Estamos com uma vontade muito grande de dar prosseguimento ao que já vem sendo feito e ampliar as ações”.

Luís Carlos Porto – mais conhecido como Pastor Porto e que estava na SRI – tomou posse na Secretaria de Estado Extraordinária da Região Tocantina. “Nosso papel é reafirmar a presença do compromisso do governo com a região. Nós estaremos lá acompanhando as obras e os serviços, a fim de que a região seja mais beneficiada no dia a dia”, afirmou.

A presidência do Inmeq agora é de José de Ribamar Mendes. “Nós temos a missão de tornar o Inmeq do Maranhão referência nacional”, disse.

Sem aumento de cargos

O governador Flávio Dino explicou que a reorganização do secretariado não implicou em nenhum aumento de despesas ou cargos novos. “É uma adequação da equipe para que ela funcione melhor e nós consigamos nosso objetivo de fazer um segundo mandato com mais realizações".

Fonte: Secap

Governo assina portaria que regulamenta a execução do Programa “Cheque Cesta Básica – Gestante”



A portaria que regulamenta a execução do Programa “Cheque Cesta Básica – Gestante” foi assinada nesta sexta-feira (15) pelos gestores das secretarias de Estado da Saúde (SES), da Fazenda (Sefaz) e Extraordinária de Articulação de Políticas Públicas (SEEPP), em solenidade no Palácio Henrique de La Rocque. 

O programa é uma estratégia para estimular a procura pela assistência pré-natal por mulheres grávidas de baixa renda do Maranhão e reduzir as mortes materno-infantis no estado. A portaria dá seguimento ao decreto assinado pelo governador Flávio Dino na posse do segundo mandato.

“Temos um número muito pequeno de mulheres maranhenses que realiza pelo menos seis consultas pré-natais, como preconizado pelo Ministério da Saúde. O Cheque Cesta Básica – Gestante, nesse sentido, é mais um incentivo para que elas busquem assistência médica. Mais do que isso, é uma forma de conseguirmos fazer a triagem e o acompanhamento, evitando complicações e reduzindo as mortes de mães e bebês”, destacou o secretário de Estado da Saúde (SES), Carlos Lula.

O benefício será pago diretamente à gestante em até nove parcelas de R$ 100, sendo até seis parcelas durante a gravidez e as demais nos primeiros meses de vida da criança, e deverá ser utilizado, exclusivamente, na aquisição de alimentos.

“É um grande passo em defesa da mulher maranhense e no combate às desigualdades sociais. No momento da gestação, a mulher fica vulnerável e o programa acaba dando o auxilio e fortalecendo a autonomia e dando segurança a ela”, ressaltou a secretária de Estado da Mulher, Ana Mendonça.  

O recurso do programa é oriundo da arrecadação de valores do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) cobrados de produtos da cesta básica (arroz, feijão e ovos). O investimento é de R$ 20 milhões. “É um projeto inédito no país, que, além de ajudar a gestante maranhense, nasce com uma marca de justiça fiscal grande”, comentou o secretário de Estado da Fazenda, Marcellus Ribeiro Alves.

Para o gestor da SEEPP, Marcos Pacheco, o programa tem a marca da gestão Flávio Dino e traduz o conceito de convergência institucional. “Existe um acervo de estratégias e programas deste governo que têm uma convergência: o enfrentamento das desigualdades sociais. Existe uma concentração de esforços no sentido de resgatar o desenvolvimento social do estado”, salientou.

Adesão

Durante a solenidade, o secretário municipal de saúde de Coroatá e presidente do Conselho Estadual dos Secretários Municipais de Saúde do Maranhão (Cosems-MA), Vinicius Araújo, assinou o Termo de Adesão Cheque Cesta Básica – Gestante, sendo o primeiro município a aderir formalmente ao programa.   “O programa vai ajudar também a qualificar a porta de entrada do SUS, que é a atenção primária, estimulando que a grávida busque a unidade básica de saúde. Não podemos fazer saúde de forma isolada. Município fazendo um trabalho e Estado outro. O trabalho em conjunto é fundamental para quem quer fazer saúde com qualidade”, declarou.  

Participaram também da solenidade o secretário de Estado dos Direitos Humanos e Participação Popular, Francisco Gonçalves, os deputados estaduais Yglésio Moyses e Daniella Tema, gestores municipais de saúde, lideranças de movimentos populares, servidores e população.  

Critérios

Para ingressar no programa, a gestante deve procurar a rede pública de saúde até a 12ª semana de gestação, estar cadastrada no município maranhense em que mora e possuir renda familiar mensal que não ultrapasse um salário mínimo. O cadastro será realizado pelo Município na primeira consulta pré-natal, através de sistema de informação específico. 

O recebimento das parcelas está vinculado ao acompanhamento do pré-natal, puerpério e puericultura, conforme as condições: realizar uma consulta de pré-natal, obrigatoriamente, no primeiro trimestre e até a 12ª semana da gestação; cinco consultas de pré-natal, preferencialmente, duas no segundo e três no terceiro trimestre da gestação; duas consultas de puerpério e puericultura, sendo a primeira até sete dias e a segunda de 30 a 42 dias após o nascimento. 

Outros critérios obrigatórios para receber as parcelas são a realização de exames laboratoriais, conforme calendário de pré-natal; cumprimento do esquema vacinal completo e atualizado da gestante comprovado pela caderneta de vacina; estratificação de risco gestacional, a ser realizada na primeira consulta e nas subsequentes; cumprimento do esquema vacinal completo e atualizado da criança comprovado pela caderneta de saúde da criança. 

Em casos de parto prematuro, será garantida à beneficiária a concessão de até nove parcelas, desde que seja dada continuidade do acompanhamento de consultas e exames de puerpério e puericultura.

A validade do benefício encerra-se após 60 dias da disponibilização do crédito no cartão da beneficiária. Após esse período, o valor será restituído à conta específica do programa, podendo o Governo do Estado, realocá-lo.  

A gestante deve comprovar nas consultas de puericultura seu ingresso nos programas de planejamento reprodutivo ofertados pelo Sistema Único de Saúde (SUS), caso isso não ocorra a mulher ficará impedida de acessar novamente o programa.

Fonte: Secap

Postagens mais antigas → Página inicial
Editado e Instalado por